04 dezembro 2007

LAU SIQUEIRA - TEXTO SENTIDO

Poeta gaúcho nascido em Jaguarão, Lau Siqueira acaba de lançar Texto Sentido, seu quarto livro de poemas, em João Pessoa-PB, cidade à qual se integrou há vários anos, sendo hoje diretor da Fundação Cultural do município. Estou para receber um exemplar, mas não me contive. Matei a curiosidade via internet com o poema abaixo, e acrescentei outros dois antes publicados. Espiem só:

DEBANDADA

nada do meu amor restou
nem as águas do mar morto
nem o vinho em qualquer
porto

nada do meu amor restou
além dos cacos de espelho
e um eu que é outro


Texto Sentido, 2007


1965

rabisquei
poemas
e insultos
nos muros
quem dera

meus olhos
de menino

tão verdes
tão puros

nas mãos
fechadas

butiás maduros


BARULHO

palavra
por palavra
minha úlcera
de verbos
tece aos poucos
a membrana
do silêncio


Lau Siqueira



Novo blogue: http://www.t-e-x-t-o-s-e-n-t-i-d-o.blogspot.com
Blogue anterior:
www.lausiqueira.blogger.com.br
Blogue 2003:
www.poesiasim.blogspot.com

Marcadores:

2 Comments:

Anonymous r4f4 disse...

Poesia grátis r4f4.wordpress.com

7/12/07 17:29  
Blogger Poesia Sim disse...

Muito obrigado, sidnei. Espero que o livro já tenha chegado às suas mãos.
Um grande abraço!
Lau

9/12/07 10:31  

Postar um comentário

<< Home