03 dezembro 2008

"AO TELEFONE" NO LIVRO DA TRIBO














Confesso que eu tinha um tanto de preconceito em relação ao Livro da Tribo, agenda com poemas e ilustrações a cada dia do calendário, que há vários anos é comercializada nas livrarias do país inteiro. Alcançou, segundo me disse o poeta Lau Siqueira, 100 mil exemplares, e tornou a sua poesia conhecida fora da Paraíba, onde vive e dirige a Fundação Cultural de João Pessoa, e do Rio Grande do Sul, onde nasceu. Na edição 2009/2010 também participo, com o poema Ao telefone. Eu, Lau, Ricardo Mainieri, e uma pá de outros-&-outras poetas. Páginas coloridas, bem impressas, em 16 modelos, um luxo.

AO TELEFONE


tua voz
de pêssego,
úvula de
cereja

vejo-a
concentrada
pitanga

redonda
lima,
ardor de
jambo

sabor
de ameixa,
cheiro de
cupuaçu:

maciez
de figo,
mucosa
de uva,
tato de
caju.

Sidnei Schneider

5 Comments:

Blogger Juliana Meira disse...

que bacana Sidnei. parabéns por tua participação na edição do livro e pelo poema "Ao Telefone"!

abraço

4/12/08 12:24  
Blogger cezar disse...

a agenda é um veículo e tanto pra quem põe nela um poema, além de ser útil e bem bonita.
que se repita!

4/12/08 15:44  
Blogger Renato de Mattos Motta disse...

o poeta
ao telefone
transforma musa
em fruta
e desfruta
seu sumo

a Agenda da Tribo é um grande quarup anual, tradição da poetalhada brasileira! participar dela é um prêmio. Parabéns!

5/12/08 08:29  
Anonymous Rodrigo Bender disse...

opa, então agora até em agendas em tio. Po, estou querendo ver uma dessas hein... Estive escrevendo uns textos por aqui e estou ansioso por te mostrar neste natal

Até breve e abraçoes

7/12/08 12:29  
Blogger Ricardo Mainieri disse...

Valeu a citação, Sidnei.
Muito me orgulho de atingir a faixa de leitores da Agenda da Tribo.
A gente, neste espaço, consegue fisgar leitores para literatura mais densa.
O poeta tem de estar aonde o povo está, parafraseando aquele grande Músico...

Parabéns, mais uma vez.

Ricardo Mainieri

7/12/08 15:31  

Postar um comentário

<< Home