12 janeiro 2008

O GATO DE WILLIAM CARLOS WILLIAMS

Onda-gato: foto da poeta © Mara Faturi


POEMA

Ao trepar sobre
o tampo do
armário de conservas

o gato pôs
cuidadosamente
primeiro a pata

direita da frente
depois a de trás
dentro

do vaso
de flores
vazio

William Carlos Williams, EUA, 1883-1963.
Trad. José Paulo Paes.

2 Comments:

Blogger Mara faturi disse...

Uau!!! adorei...muito show...é uma honra estar aqui no seu blog;obrigadíssima pelo crédito.O poema, tudo a ver..amo felinos e o mar; momento de sorte naquele dia.O universo estava inspirado e aí respingou na minha retina,
bjão!!!

12/1/08 17:48  
Blogger "Le Fov" disse...

Muito bom teu blog colega! É bom ver que há mais pessoas saindo vivas e pensantes das faculdades de letras

13/1/08 14:21  

Postar um comentário

<< Home